Juros reais na mínima histórica: fique atento com seus investimentos!

09/08/2019

Talvez você já tenha ouvido falar em juro real e possivelmente até conheça seu significado. Mas se não faz a menor ideia do que seja, e de como ele pode mudar a sua vida, fique atento!

Juro real nada mais é que os juros menos a inflação. Ele serve para saber quanto de fato o seu investimento está rendendo e para isso, é preciso descontar a desvalorização do dinheiro no tempo, a chamada "inflação".

O juro real projetado para o próximo ano atingiu a mínima histórica nas últimas semanas, chegando a um patamar inferior a 2%. Neste cenário é preciso estar atento aos seus investimentos e ficar na inércia, pode fazer seu dinheiro perder valor ao longo do tempo.

Ou seja, as decisões que você tomar hoje a respeito do seu dinheiro provocarão impactos profundos no futuro.

Acompanhe um exemplo sobre o efeito do juro real baixo nos investimentos:
A taxa de juros está em 6,5%. Se você investir seu dinheiro na poupança neste cenário ou em um CDB de algum banco que pague 85% do CDI (taxa de juros), seu dinheiro vai render 4,55% e 5,5% ao ano, respectivamente. Se considerarmos uma inflação de 4%, significa que seu dinheiro, descontando a inflação, vai render somente 0,55% na poupança e 1,5% no CDB ao ano em termos reais.

O desafio fica ainda maior se considerarmos que a expectativa do mercado é que a taxa de juros caia dos 6,5% atuais para 5,5% até o final do ano. Neste cenário, obter retornos reais vai ficar ainda mais complicado. No exemplo acima, a poupança vai render -0,15% e o CDB, +0,68% ao ano em termos reais.

Na prática…
Se você investir R$ 1 mil na poupança no final do ano - considerando os juros de 5,5% - você vai ter o equivalente a R$ 985 depois de 10 anos. Isso mesmo, seu dinheiro vai valer menos!

E se você investir em um CDB com rendimento de 85% do CDI, depois de 10 anos, você terá o equivalente a R$ 1.070. Sim, passados 10 anos, seu rendimento será de apenas R$ 70. Inacreditável!

Esse é o risco que você corre se não prestar atenção nos seus investimentos neste cenário de juro real a 2% ao ano ou menos. As carteiras precisam ser repensadas e otimizadas já! Imagine a diferença que isso pode representar no futuro!

E se você tivesse investindo R$ 10 mil ou R$ 100 mil - ao invés de R$ 1 mil - agora, pensando em pagar uma faculdade para seus filhos, comprar um apartamento ou ter uma aposentadoria mais confortável? Ao longo de 10 anos na poupança, seu dinheiro vai valer menos do que ele vale hoje. Menos!

Outro exemplo que mostra claramente a diferença: vamos supor que alguém invista R$ 100 mil. Se compararmos o CDB rendendo 85% do CDI com uma carteira rendendo 110% do CDI (isto é perfeitamente possível investindo com a XP), a diferença chega a R$ 15,5 mil. Uau!

O que você precisa saber - e gravar - sobre juro real:
O momento que estamos vivendo no Brasil é transformador. Em breve, veremos novas mínimas nos juros e estes ficarão baixos por mais tempo do que se imagina. Isso muda tudo. Se você tem dinheiro guardado ou pretende começar em breve, é preciso repensar onde investir para otimizar os rendimentos diante deste cenário.

Quase 90% dos brasileiros que investem ainda estão com seu dinheiro aplicado na poupança, que hoje rende 70% da taxa de juros (4,55% ao ano com os juros atuais de 6,5%, 3,85% se o juro cair para 5,5%).

A nova era dos investimentos já começou, mas os brasileiros ainda não se adaptaram. É preciso mudar e buscar produtos que otimizem seus rendimentos, pois seu futuro depende disso.

➡️ A matéria completa com outros exemplos está disponível no site da XP Investimentos. CLIQUE AQUI para acessar.

➡️ Siga a SHS nas redes sociais - Facebook, Instagram e LinkedIn - e inscreva-se no nosso canal no YouTube.

Foto: Depositphotos